Gato pode beber leite? Conheça a verdade por trás do mito

Você já deve ter se perguntado se “gato pode beber leite?”, não é mesmo? Isso porque, mesmo se você não possui um pet, já deve ter visto alguma associação dos gatos com um pote de leite. O mesmo acontece com os cachorros e o famoso osso na boca.

Porém, essa visão do imaginário popular carrega algumas incertezas, verdades e até mitos. Sendo assim, é possível partir da representação clássica do gato com uma tigela de leite para entender a relação dos felinos com o alimento.

Então, antes de mais nada, é importante entender que o leite, assim como outros alimentos, pode oferecer riscos aos gatos. Entretanto, ainda é preciso analisar a situação com cuidado. Isso porque os gatos são mamíferos, logo também consomem leite materno ao nascer.

Dessa forma, o que acontece é que o sistema digestivo dos felinos passa por algumas mudanças durante a fase de crescimento deles. O mesmo acontece com os seres humanos, por exemplo.

A principal dessas alterações está na menor produção da lactase. Essa é a enzima que tem a função de digerir a lactose presente no leite e derivados. Com isso, os gatos acabam por desenvolver mais dificuldades com o passar do tempo, em relação ao leite.

O resultado final é que a maioria dos gatos acaba desenvolvendo intolerância à lactose durante a vida adulta. Ou seja, o leite acabará fazendo mal para eles. Mas, então isso significa que um gato pode beber leite quando ainda é um filhote? A resposta não é tão simples como parece.

Gato pode beber leite quando é filhote?

A lógica é simples, não é mesmo? Como visto acima, os gatos desenvolvem intolerância à lactose quando adultos, então devem poder tomar leite quando filhotes, correto? Bom, nem tanto.

Isso acontece por conta das diferenças entre o leite de vaca e o leite materno das gatas. Ou seja, a composição acaba por ser focada em um animal. Sendo assim, o outro de outra espécie, no caso o felino, não terá os benefícios do bezerro.

Então, o melhor é o leite materno felino para os gatinhos filhotes, visto que ele oferece as proteínas, nutrientes e lipídios necessários. Já para casos onde o leite materno não está disponível para o gatinho, é preciso procurar ajuda veterinária.

Lá, o profissional poderá lhe indicar uma alternativa ao leite materno, que é uma mistura específica de nutrientes alimentares. Dessa forma, mesmo sem acesso à mãe, o gato pode beber leite.

Quais são os sintomas da intolerância à lactose nos felinos?

Como você conferiu anteriormente, os gatos costumam desenvolver intolerância à lactose ao longo da vida. Então, nada mais justo do que se preparar para identificar os sintomas dessa condição em seu felino. Portanto, procure pelos seguintes sintomas após a ingestão do leite:

  • Diarreia;
  • Vômito;
  • Cólicas;
  • Desconforto abdominal.

Em geral, esses sintomas são parecidos com a intolerância à lactose que afeta os humanos. Sendo assim, para saber se um gato pode beber leite quando adulto, observe os momentos após a ingestão do alimento.

Intolerância ou alergia?

Por fim, existe ainda outro motivo para que o gato não se sinta confortável ao tomar leite. Isso porque é possível que os felinos tenham alergia à lactose. Essa é uma condição que leva ao afastamento necessário dos laticínios, mas por motivos diferentes da intolerância.

Isso porque a intolerância afeta o sistema digestivo, enquanto a alergia é uma reação do sistema imunológico. Porém, ainda assim é possível confundir os sintomas das duas doenças. Sendo assim, de qualquer maneira, o melhor é procurar ajuda veterinária o mais rápido possível.

Existem situações onde o gato pode beber leite?

Mesmo que o felino não possua intolerância ou alergia à lactose, ainda não é recomendado dar leite para ele. Isso ocorre por conta de existirem opções melhores e mais saudáveis, como rações secas ou úmidas.

Em geral, elas oferecem uma alimentação equilibrada, rica e nutritiva. Então, nesses casos, o gato pode beber leite e não terá sintomas ou desconforto, mas não é o ideal. O leite de vaca simplesmente não oferece nenhum benefício nutricional aos felinos.

Portanto, agora você sabe que os gatos realmente não devem se alimentar de leite, principalmente por conta das doenças que ele pode ter.