Gato depois de castrado: o que muda após a operação?

Se você tem pets felinos, provavelmente já ouviu falar sobre alguns mitos. Entre eles, um dos mais famosos é que o gato muda depois de castrado. Mas, é hora de entender mais sobre o assunto e tirar todas as suas dúvidas.

Primeiramente, é preciso entender que a castração é um processo cirúrgico rápido e seguro. Além do mais, é consenso entre os veterinários de que o procedimento é essencial para uma boa saúde e bem-estar do pet.

Mas, é normal que o dono do gato acabe tendo algumas dúvidas sobre a castração. Porém, saiba que isso é normal e muitas pessoas querem saber se os gatos realmente vão mudar após a cirurgia.

Portanto, nesse texto você confere tudo sobre as mudanças que os gatos podem apresentar após a castração. Além disso, saiba se vai ser preciso algum cuidado especial, entre outros itens importantes.

Como é a operação dos gatos?

O primeiro passo é saber como funciona a cirurgia de castração. Além disso, você deve entender que veterinários e especialistas em saúde animal de todo o mundo a recomendam.

Outro ponto é que esse procedimento é essencial e responsável por parte do dono. Mas, é comum que as dúvidas apareçam. Sendo assim, nada mais justo do que saber como a cirurgia funciona.

Para os machos, o que ocorre é a remoção dos testículos e estruturas próximas. É um procedimento mais simples, se comparado com o das fêmeas.

Isso porque, para elas, a cirurgia é para remover ovários e útero. Porém, ainda é um processo muito seguro e totalmente eficaz.

O que pode ocorrer é que a anestesia pode trazer alguns riscos. Mas, como é de se esperar, eles são mínimos. Em geral, as castrações não apresentam problemas.

Gato castrado: pós-operatório e seus cuidados

Como visto acima, a castração é um procedimento simples. Em geral, o período após a cirurgia não costuma ser complicado. Porém, os gatos ainda precisam de cuidados especiais nos primeiros dias.

Entretanto, na maioria dos casos, esse cuidado é bem simples e o veterinário vai passar todos os detalhes. Conheça abaixo alguns detalhes e cuidados do gato depois de castrado.

Colar elizabetano

A primeira mudança após a cirurgia de castração está no colar elizabetano que os gatos precisam utilizar. Isso porque eles são animais que costumam se lamber muito.

Assim, é impossível que os felinos acessem a área da castração. Dessa forma, a recuperação é mais rápida e eficiente. Existe ainda a roupa cirúrgica para as fêmeas, que ajuda no processo.

Repouso

Além do colar, esse é um dos tópicos mais importantes para os gatos castrados. Isso porque o felino acabou de passar por um procedimento invasivo. Sendo assim, o ideal é ter um tempo para se recuperar.

Mas, não se esqueça de que é permitido fazer carinho, desde que não deixem o gato estressado. Uma boa dica é uma caminha confortável e quente para que ele possa descansar.

Aplicação de medicamentos

Uma das necessidades do gato depois de castrado está nos remédios. Assim, o dono do animal deve administrar esses medicamentos. Em geral, eles são bactericidas e cicatrizantes.

Não se esqueça de aplicar os remédios de maneira correta, de acordo com as instruções do médico veterinário. Dessa forma, você garante a saúde e o bem-estar do felino.

Água e ração

Um ponto importante para a recuperação do gato depois de castrado é a comida e água dele. Isso porque ele precisa ter forças para se recuperar da cirurgia.

Logo, você deve oferecer sempre água fresca e ração. Uma boa dica pode ser umedecer a ração com um pouco de água. Assim, o gato pode comer com mais facilidade.

Gato depois de castrado: o que muda?

Como você viu nesse texto, a castração vai trazer algumas mudanças para a rotina do gato. Mas, nada é muito preocupante. O que mais pode acontecer, além dos cuidados breves de recuperação, é a mudança no comportamento do felino.

Isso ocorre por conta da cirurgia retirar órgãos responsáveis por alguns hormônios. Assim, sem eles, os gatos tendem a ficar mais tranquilos e calmos.

Outro ponto é que a castração reduz a agressividade e a necessidade em marcar território. Assim, é comum que um gato depois de castrado ganhe peso.