É Permitido Fazer Tatuagem em Pets?

Se você tem um cão de estimação, ou mais, provavelmente já se perguntou se é possível fazer tatuagem em cachorro. Mesmo que pareça estranho, essa é uma ideia que muitos donos de pets já consideraram por aí. Será que é seguro?

Atualmente, com a humanização de nossos animais de estimação, a medicina veterinária fez grandes avanços. Eles têm relação com o desenvolvimento de serviços ou produtos que buscam preservar o seu bem-estar.

No entanto, ela também pode proporcionar alguns problemas. Entre eles, está a necessidade que o tutor vê em fazer procedimentos não adequados para animais, como as tatuagens.

Essa técnica já foi bastante utilizada como uma opção para identificar o pet. Ela pode ser feita na parte interna da orelha, fazendo o registro do número do animal.

Entretanto, esse método não é reconhecido para fins de viagem no exterior, sendo obrigatório o uso de microchip. Portanto, não é a mais indicada. Veja mais sobre tatuagem em cachorro e entenda mais a seguir!

É permitido fazer tatuagem em cachorro com finalidade estética?

Tatuagens em cachorro com finalidade de identificação são permitidas, entretanto, tatuagem para fim somente estéticos são proibidas. Elas são consideradas crimes de maus tratos, sendo punidas com reclusão de dois a cinco anos. Existe também a possibilidade de multa e de perder a guarda do pet pelo infrator.

Conforme diz o artigo 32 da Lei de Crimes Ambientais, de 1998, fica inviável a prática. Ela indica ser totalmente proibido “praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos”.

A tatuagem em cachorro se encaixa nessa categoria, pois provoca bastante dor no animal. Além disso, pode levar ao risco de contrair infecções que colocam a saúde do pet em risco.

Dessa forma, ao ver um cachorro com uma tatuagem seja no seu dia a dia ou nas redes sociais, jamais incentive essa prática. Mas é claro que nos referimos àquelas feitas com tinta em agulha.

Isso porque existem tatuagens temporárias e menos agressivas. Entre elas, estão os exemplos de tatuagem em tintura Henna ou até mesmo adesivos vendidos em cartelas.

O risco causado por esses produtos é de menor intensidade. Porém, mesmo assim, pode haver um animal que é mais sensível aos ativos de uso. O ideal é realizar um teste prévio em uma parte pequena no corpo.

LEIA TAMBÉM:Queda de pelo e feridas? Como ajudar?

Procedimentos estéticos perigosos

Apesar de tatuagem em cachorro não ser uma tendência tão grande, é possível notar outras que são tão perigosas quanto. Alguns procedimentos estéticos acabaram ganhando fama e chamando a atenção de tutores.

Procedimentos como pintura de unha ou pelos com produtos não tóxicos, não são agressivos para animais. Entretanto, deve ser feito com produtos confiáveis pois o animal pode acabar se intoxicando.

Já os procedimentos como remoção total da garra, corte de caudas e orelhas, colocação de piercings, brincos e implantes também são considerados crime ambiental. Ou seja, é preciso garantir a segurança e o bem-estar do pet, além da saúde dele.

Todos esses estão sujeitos à pena de detenção de até três meses um ano. Também é possível levar uma multa, como sugere o artigo 39 da Lei de Crimes Ambientais. Ele proíbe maus-tratos aos animais, o que inclui a mutilação deles.

Por que não fazer tatuagem em cachorros?

Tatuar um ser vivo sem o seu consentimento apenas para fins estéticos e satisfazer o seu ego é um crime contra a natureza. Por mais que você alegue ser o dono do cachorro, é necessário lembrar que o ser humano não tem posse de nenhum animal.

Sendo assim, preocupe-se apenas em cuidar da alimentação e bem-estar do animal, seja ele qual for. Lembre-se de que o seu pet confia em você, e precisa da sua ajuda para viver uma vida saudável e confortável.

Um cachorro jamais saberá o que significa uma tatuagem, dessa forma, também não terá os devidos cuidados pós-tatuagem. Isso pode afetar gravemente a saúde do cão. Seu pet está muito mais seguro e saudável sem a necessidade desses procedimentos.

Portanto, nada mais justo do que evitar a tatuagem em cachorro. O ideal é, também, deixar qualquer procedimento estético muito agressivo de lado, e focar apenas nos mais necessários, como a tosa.