Como escolher a raça de cachorro ideal?

Você já pensou em adotar um cão? Atualmente, são muitas as raças disponíveis desses animais. Mas nem todo mundo sabe que elas possuem muitas diferenças entre si. Então, como escolher a raça de cachorro ideal para você?

Primeiramente, é preciso levar em conta a raça e a personalidade do animal selecionado, antes de adotar ou comprar um cão. Isso porque vai ser preciso que essas características do animal estejam de acordo com o que você, como dono, espera, além do seu estilo de vida.

Assim, nada mais justo do que, ao escolher o seu animal de estimação, ele possa se adaptar ao seu ambiente e às suas rotinas. Dessa forma, ele terá conforto e viverá melhor, além de não criar problemas com as dinâmicas da família. 

Quais aspectos levar em consideração ao escolher a raça de cachorro?

Então, o que você precisa para começar é pensar no seu próprio estilo de vida. Se você gosta de passear ao ar livre ou praticar esportes, por exemplo, é bom pensar em uma raça mais ativa.

Já quem prefere ficar em casa lendo um livro ou assistindo filmes e séries, considere escolher um cão mais calmo.

Além disso, também é importante ter uma boa ideia da rotina da sua família. Fica alguém dentro de casa durante todo o dia, para acompanhar o cão, ou ele ficará sozinho boa parte do tempo?

E não se esqueça de pensar, também, no ambiente em que vivem. É uma casa espaçosa, com ambiente para o cão brincar? Ou é um apartamento pequeno sem área de lazer?

Por fim, você deve ter em mente quais são as características essenciais que você busca no seu pet. Ele deve ser de grande ou pequeno porte? Cão de guarda, brincalhão, enfim. São diversos tipos de animais.

Esses e outros detalhes serão muito importantes para garantir a saúde, segurança e bem-estar da raça de cachorro ideal para você.

Grupos de raças e suas características

O ideal é que você conheça mais sobre os tipos diferentes de raças e personalidades de cachorros. Isso porque existem diversas variações, e é importante selecionar o animal correto para a convivência com a sua família.

Portanto, abaixo você confere mais dicas sobre como escolher a raça de cachorro ideal.

Sem raça definida

Esses são os famosos cães “vira-lata”. Sendo assim, por não possuírem uma raça específica, esses animais não costumam demonstrar se são de grande ou pequeno porte.

Além disso, o temperamento dos filhotes também costuma ser bem imprevisível, e não dá pra saber como ele vai ser quando crescer.

Entretanto, a parte boa é que eles costumam ser muito carinhosos e atenciosos com os donos. Outro detalhe importante é que eles possuem uma boa saúde, e resistem muito mais do que raças específicas.

Por fim, os cães vira-lata ganham uma oportunidade de ganhar um lar permanente e a atenção que merecem, caso você adote um. Junto com a sua família, ele poderá ter atenção e os cuidados especiais que precisa, algo que não teria em um abrigo.

Grupo dos esportistas

Esses são animais que foram criados e domesticados para ajudar na caça, inicialmente. Dessa forma, eles possuem muita facilidade em localizar, capturar e buscar as presas. Para eles, é mais um esporte do que qualquer coisa. E eles adoram.

Entre essas raças, estão: Golden Retriever, Labrador, Fox Paulistinha, Cocker Spaniel, Pointer Inglês, entre outras.

Grupo dos Não-esportistas

Ao contrário dos esportistas, esse tipo de cão não possui características esportivas muito evidentes. Além disso, as personalidades são muito variadas, o que faz com que não se encaixam em outros grupos, que são: Toys, Terriers, Pastores, Trabalhadores e Hounds.

Alguns exemplos são Bulldogue Francês, Chow Chow, Dálmata, Lhasa Apso, Poodle, entre outros.

Escolha a raça de cachorro ideal para você!

Como você viu acima, é muito importante garantir com que seja possível escolher a raça de cachorro ideal. Isso porque são diversos os detalhes a serem levados em conta, para manter o bem-estar, a saúde e o conforto do animal e da sua família.

Portanto, busque uma relação saudável e satisfatória com o seu pet, através das dicas e informações vistas acima. Assim, todos saem felizes e a convivência fica mais leve e especial.