Catnip: Tudo sobre a erva para gatos

Você já ouviu falar em catnip? Esse é um produto muito utilizado por donos de gatos para deixar seus peludos felizes. Isso porque eles adoram essa erva.

Primeiramente, saiba que ela é totalmente segura, e não prejudica o felino de nenhuma maneira. Em geral, o máximo que pode ocorrer é um leve desconforto estomacal, caso o gato coma muita catnip.

Porém, o normal é que isso nem chegue a acontecer, mesmo com o pet comendo muito da erva. Mas, é sempre bom entender como funciona a interação dos felinos com esse produto. Entenda mais a seguir.

O que é Catnip?

Como você deve imaginar, catnip é uma erva. Assim, ela é da mesma família da menta, e vem do norte da África e da região mediterrânea. Atualmente, ela pode ser encontrada em quase toda a Europa e nas Américas.

O nome dessa planta, também conhecida como erva dos gatos ou erva gateira, vem justamente da paixão dos felinos pela catnip. Mas por qual motivo eles amam tanto essa erva?

Por que os gatos amam Catnip?

Para entender melhor, é preciso conhecer o composto principal da planta, que é a nepetalactona. Então, os felinos detectam esse composto ativo pelo cheiro, mesmo.

Assim, a hipótese mais aceita é de que a nepetalactona acaba imitando o efeito dos feromônios felinos. Esses feromônios tem ligação com o acasalamento, o que faz os gatos gostarem muito de catnip.

Além disso, a erva também serve para potencializar o humor natural do gato. Isso significa que, se ele for carinhoso, poderá ser ainda mais. Mas, caso o felino seja mais agressivo, ele pode ficar ainda mais irritado.

Algumas ações comuns de serem vistas após o uso da planta são rolar, patadas ou até mesmo esfregar o rosto na catnip. Também é possível ver o gato saltitante e brincalhão, correndo pela casa inteira.

Meu gato não brinca com Catnip

Entretanto, existem ainda aqueles gatos que simplesmente não ficarão tão ativos. Dessa forma, pode ser que o seu pet permaneça sossegado, com olhar fixo no vazio. Outra possibilidade está no excesso de miados e uivos.

Mas você pode ficar sossegado. Os efeitos da erva são curtos, então não é preciso se preocupar. Em geral, após um tempo entre 5 e 15 minutos, o gato volta ao normal.

Por que dar Catnip para o meu gato?

Como você pode conferir acima, os gatos amam catnip. Sendo assim, nada mais justo do que oferecer a planta para o seu pet. Além disso, também é possível utilizar o produto como incentivo para treinar seu felino.

Então, utilize a erva de gato como recompensa pelo uso de um arranhador no lugar de móveis, ou por aprender a dormir na caminha.

Também é possível utilizar catnip para fazer com que o gato realize exercícios, caso ele costume ficar agitado com a planta. Já para casos de gatos hiperativos, ela pode ajudar no relaxamento.

Você só vai precisar descobrir a melhor forma de oferecer a erva aos felinos. Isso porque o produto pode ser encontrado no mercado de diversas maneiras. Pode ser em pó, bulbos ou ainda brinquedos aromatizados.

Outra ideia está em inserir a planta em um borrifador, ou ainda a essência em óleo, para aromatizar brinquedos ou locais. E o melhor é que quantidades mínimas já farão efeito.

Meu gato parece não estar respondendo ao Catnip

Alguns felinos simplesmente não reagem às interações com a planta. Por isso, especialistas estimam que 30% dos gatos não possam interagir com o catnip, e que ser afetado por ela é um traço genético.

Isso porque alguns gatos não possuem os receptores necessários para serem afetados. Outro ponto está nos filhotes. Mesmo brincalhões, eles não costumam responder à erva antes de 6 meses de idade. Gatos mais idosos também podem perder o interesse.

O catnip parece tornar meu gato agressivo, e agora?

Em geral, alguns machos podem se tornar agressivos ao terem contato com o catnip. Isso ocorre justamente por conta dos feromônios na erva, que tem ligação com o acasalamento. Caso isso ocorra, não ofereça mais a planta para o gato.

Porém, ainda existem alternativas, como a valeriana ou a lonicera. O ideal é conversar com o médico veterinário, que pode indicar alternativas ou suspender o uso completo.