Câncer de Próstata em Cachorro

No Novembro Azul, ocorre a conscientização para o câncer de próstata em humanos. Da mesma forma, os tutores devem ficar alerta sobre o risco do câncer de próstata em cachorro. Isso porque os machos também podem desenvolver essa doença.

Mas nem tudo são notícias ruins. Em geral, tomar medidas preventivas, como exames de rotina, ajuda a identificar a doença precocemente. Isso ajuda a melhorar bastante o prognóstico e facilita na hora de controlar o quadro.

Dessa forma, nada mais justo do que se preocupar com a saúde do seu pet, visto que ele também pode ter câncer. Então, será preciso entender mais sobre a doença e como o Novembro Azul pode ajudar seu cão.

O que é o câncer de próstata em cachorros?

Assim como os seres humanos, cachorros machos possuem a glândula conhecida como próstata. Ela fica localizada no espaço retroperitoneal, responsável pela produção do líquido seminal, que ajuda a proteger os espermatozoides.

O câncer acontece quando existe uma multiplicação anormal de células nesta região. Quando isso ocorre, nota-se um edema (inchaço) nessa glândula, comprometendo a saúde do animal. Conheça abaixo os sintomas.

LEIA MAIS: Onde Realizar Exames Veterinários em Cotia

Principais sintomas do câncer em cães

Assim como diversos outros cânceres graves, o que se forma nessa região costuma não apresentar sintomas em seu estágio inicial. Entretanto, conforme vai piorando, é possível notar algumas dessas condições:

  • Dificuldade ao urinar;
  • Gotas de sangue saindo pelo pênis;
  • Urina com sangue;
  • Infecções urinárias que nunca se curam;
  • Dificuldade ao defecar ou com fezes em formato de tira;
  • Espasmos musculares ao tentar urinar.

Além desses indícios, o câncer de próstata em cachorro pode causar sintomas como náuseas, vômito, apatia e febre. É preciso ficar de olho para garantir a saúde do seu pet.

A importância do diagnóstico precoce

O tratamento efetivo do câncer de próstata em cachorro possui maiores chances de cura quando diagnosticado precocemente. Entretanto, é comum que haja um descuido por parte dos tutores para realizar exames de rotina e check-up.

Quando o diagnóstico é feito de forma tardia, as chances de óbito são muito maiores. Afinal, as chances de cura ficam reduzidas, pois, na maioria das vezes a doença é diagnosticada no seu estágio final. 

Atualmente, estudos mostram que, mesmo após a castração, o animal pode desenvolver essa doença, ainda que em porcentagem mais baixa. Ainda assim, a castração precoce ajuda a prevenir esse tumor, que é bastante metastático e sem uma cura certa.

Os principais sintomas só costumam aparecer quando a doença vai se agravando. Dessa forma, a maneira mais eficiente de identificar o câncer de próstata em cachorro é levando o pet para fazer exames regulares no veterinário.

Durante uma consulta de rotina, o médico veterinário pode fazer a palpação retal e solicitar outros exames. Eles ajudam no diagnóstico do câncer de próstata em cachorro e outras doenças. Os exames são:

  • Raio-X;
  • Ultrassom abdominal;
  • Exames de sangue;
  • Testes de urina.

Esses exames devem sempre ser realizados anualmente em cachorros machos adultos e idosos não castrados. Esse grupo são os que correspondem ao grupo de risco da doença.

Tratamento

O principal tratamento recomendado para cachorros é a castração. Isso porque o aumento da próstata depende da testosterona produzida pelos testículos do animal.

Segundo médicos veterinários, existe uma evolução de 70% do quadro do animal com câncer em até 90 dias após o procedimento. Também ocorre uma grande diminuição no tamanho da próstata.

Mesmo assim, em alguns casos, é recomendado realizar a retirada cirúrgica da próstata. Assim, será preciso fazer uma biopsia para saber qual o grau de agressividade do tumor.

VEJA MAIS: Idade dos Cachorros: Como calcular?

Como prevenir o câncer de próstata em cachorro?

Conhecida como Novembro Azul, essa campanha ressalta a importância de exames de rotina, especialmente o exame de toque, para combater o câncer. O câncer é uma doença que, se diagnosticada cedo, tem uma grande chance de cura.

Além da campanha, o acompanhamento do médico veterinário em outras épocas do ano é bastante importante. Além disso, a principal forma de prevenção de câncer de próstata em cachorro é a castração. Isso porque, cachorros castrados não se reproduzem, não desenvolvendo espermatozoides.

Para manter a saúde e o bem-estar do seu cãozinho em dia, faça consultas regulares com o veterinário. Assim fica muito mais fácil garantir com que seu melhor amigo fique longe do câncer.